Diferença entre importação e exportação - Diferença Entre

Diferença entre importação e exportação

A principal diferença entre importação e exportação é que o importação refere-se a trazer bens e serviços de outros países para o país de origem, enquanto a exportação se refere à venda de bens e serviços do país de origem para outros países.

Exportação e importação são fenômenos essenciais na economia internacional. Ambos os processos de negociação afetam diretamente a economia, facilitando o avanço econômico em um país e no mundo como um todo.

Principais áreas cobertas

1. O que é importar
- Definição,Características
2. O que é exportação
- Definição, Características
3. Qual é a diferença entre importação e exportação
- Comparação de diferenças-chave


O que é importar

Importar significa comprar bens e serviços de um país diferente para o país de origem. Portanto, esses bens e serviços são aqueles que são produzidos em uma terra estrangeira e são comprados por um determinado país. Eles podem ser enviados, enviados por e-mail ou até mesmo transportados à mão em bagagem pessoal em um avião.

Quando um determinado país não possui um bem ou recurso específico, é necessário importar esse bem ou recurso de outro país. A maioria dos países importa matérias-primas ou mercadorias que não estão disponíveis dentro de suas fronteiras. O melhor exemplo disso é como muitos países importam petróleo dos países do Oriente Médio. Portanto, a parte beneficiária nas importações é a parte que exporta esses produtos.

Da mesma forma, para um país importar esses bens e serviços, ele precisa gastar seus ativos financeiros. Portanto, se um país importa mais do que exporta, tem um déficit comercial. Em outras palavras, se o valor das importações de um país exceder o valor de suas exportações, o país terá uma balança comercial negativa.


O excesso de importações não apenas cria um déficit comercial, mas também afeta a redução na fabricação desses mesmos bens no país. Além disso, como o livre comércio abre a capacidade de importar bens e materiais de zonas de produção mais baratas, isso resulta na redução da dependência de bens domésticos.

Como conseqüência, também cria um grande vácuo no mercado de trabalho doméstico. Como mão-de-obra barata pode ser obtida de outros países, o desemprego dos residentes acabará aumentando. Assim, deve haver um equilíbrio nos procedimentos de importação e exportação em um país, a fim de criar um status econômico benéfico para seus cidadãos.

O que é exportação?

A exportação, por outro lado, está enviando mercadorias ou serviços para outro país para venda. Como resultado, ele traz a renda externa para o país doméstico. A venda desses bens aumenta a produção bruta do país produtor. Por exemplo, quando um país fabrica excesso de alguns produtos ou tem mais recursos naturais, como o petróleo, esse país pode vendê-los a outros países e obter uma renda extra.

Muitos países desenvolvidos no mundo atual se beneficiam enormemente da exportação de seus produtos e serviços para outros países. Tomemos, por exemplo, a China, que atualmente se tornou o maior país exportador de produtos do mundo.Como resultado, a China desenvolveu sua auto-suficiência e superou a questão do emprego e da inflação econômica.

Da mesma forma, a maioria das empresas tenta exportar seus produtos, pois quanto mais exportam, maior é sua vantagem competitiva. Isso porque eles adquirem experiência na produção de bens e serviços. Além disso, eles também ganham conhecimento sobre como vender para mercados estrangeiros.

Além disso, uma das funções fundamentais da diplomacia e da política externa entre os governos é também fomentar o comércio econômico em benefício de todos os parceiros comerciais.

Diferença entre importação e exportação

Definição

Importação refere-se a trazer bens e serviços de outro país para o país de origem, enquanto a exportação se refere à venda de bens e serviços do país doméstico para outros países. Essa é a principal diferença entre importação e exportação.

Alvo

O principal objetivo da importação é satisfazer a demanda de bens e serviços que estão faltando ou não disponíveis no país doméstico, enquanto o principal objetivo da exportação é criar mais receita externa com a venda de produtos domésticos e aumentar a presença global de produtos e serviços domésticos.

Efeito na economia doméstica

Como a importação é comprada de países externos, a importação excessiva pode ter um impacto negativo na economia doméstica. Pelo contrário, mais exportação pode beneficiar a economia doméstica, uma vez que aumenta a renda externa para o país de origem.

Conclusão

Tanto a importação quanto a exportação são procedimentos significativos no comércio internacional. Com o desenvolvimento do comércio de livre mercado, muitos países do mundo atual se engajam tanto na importação quanto na exportação. Em resumo, a diferença básica entre importação e exportação é que importação significa a compra de bens e serviços que estão indisponíveis ou inadequados no país de origem de outros países, enquanto a exportação significa o contrário; venda de bens e produtos do país de origem para os outros países. No entanto, um excesso de importação não é vantajoso para um país, enquanto mais de exportação é mais vantajoso para um país.

Referência:

1. Amadeo, Kimberly. "Por que lembranças são importações." O equilíbrio, o equilíbrio,